quarta-feira, 13 de agosto de 2003

REVISIONISMO OU IGNORANCIA?
O conhecido actor Mel Gibson decidiu-se a produzir e realizar um filme sobre a Via Sacra de Jesus Cristo.
A película, ao que parece tem levantado alguma celeuma, concretamente através das declarações do Sr. Abraham H. Foxman, presidente da ADL (Anti-Defamation League), que repudia a ideia, aparentemente abordada no filme, de que foram os judeus os culpados da morte de Cristo.
Então afinal quem foi?! Após o celebérrimo lavar de mãos de Pôncio Pilatus, quem é que escolheu a liberdade para Barrabás em vez da de Jesus Cristo?
Bem... eu não fui concerteza! Como o episódio se passou em Israel, onde há dois mil anos só existiam judeus, parece-me dificil arranjarem outros responsáveis.
Depois chamam "revisionista" a quem contesta o Holocausto!

Diário de Bordo da Nave Espacial "Terra" - Tempo Estelar da Nova Era - 13 de Agosto de 2003

1 comentário:

Ivani Medina disse...

“A verdade histórica é a mais ideológica de todas as verdades científicas [...]Os termos de subjetivo e de objetivo já não significam nada de preciso desde o triunfo da consciência aberta [...]. A verdade histórica não é uma verdade subjetiva, mas sim uma verdade ideológica, ligada a um conhecimento partidário”. (ARON cit. por Marrou, s/ data, p. 269)

Se a fé nunca dependeu da história, porque fazem tanta questão desta última? Por que insistem em preservar essa bruma que envolve os primeiros séculos do cristianismo? Não devia ser assim. No entanto, quando fazemos uma aproximação dos fatos com fatos e não com ideias, é possível outra conclusão.

http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/paguei-pra-ver